top of page

Eládio Lasserre terá restrição de atendimentos a partir do dia 4 de dezembro

Os médicos do Hospital Eládio Lasserre iniciam restrição de atendimentos de pacientes eletivos com fichas azuis e verdes, além de cirurgias eletivas, a partir do dia 4 de dezembro. A decisão foi tomada por unanimidade, em assembleia virtual realizada no dia 28.11.23, quando voltaram à pauta a questão dos atrasos salariais, além de ajustes estruturais e funcionais demandados na unidade.


Os profissionais vêm enfrentando atrasos salariais recorrentes. Foi assim em setembro, está se repetindo em relação a outubro e nada garante que o mês de novembro seja pago na data correta. Além disso, a demanda de atendimentos é muito superior ao quantitativo de médicos da unidade. O Eládio é o único hospital de portas abertas, em Salvador, que atende pequena, media e alta complexidade.


Uma restrição de atendimentos chegou a ser definida para o início de novembro, mas não chegou a ocorrer porque na véspera (07.11.23) foi finalmente feito o pagamento do mês de setembro. A empresa terceirizada IFF, entretanto, ainda não regularizou as datas de pagamentos, gerando um clima de incertezas entre os médicos que prestam serviço na unidade através desses contratos precarizados.


Numa reunião com o diretor da unidade, no dia 6 de novembro, da qual participaram o Sindimed e corpo clínico, foi demonstrada disposição para resolver as questões apontadas, mas até hoje não houve movimento efetivo para essa resolutividade. A data de pagamento dos salários continua incerta e a sobrecarga de trabalho é crescente.


Como se vê, há muito a ser ajustado pela gestão da unidade e o Sindicato aguarda nova reunião com a Sesab para ampliar as discussões sobre o hospital.




57 visualizações0 comentário
bottom of page