top of page

HOSPITAL REGIONAL DE PORTO SEGURO: Médicos iniciam restrição de atendimentos no dia 9 de novembro

Em assembleia realizada no dia 31/10/23, os médicos do Hospital Regional de Porto Seguro (HRDLEM) informaram a abertura da nova UTI na unidade, apesar das precárias condições estruturais do hospital que já foram denunciadas e em relação às quais os profissionais vêm desenvolvendo mobilização e cobrando solução dos gestores.


Entre os problemas constatados pelos médicos, faltam insumos e medicamentos, enxoval cirúrgico, a manutenção dos equipamentos não está sendo feita, falta segurança, houve redução de nove para apenas três leitos de obstetrícia e, além de tudo, são frequentes os atrasos dos salários.


Diante dessa situação dramática, agravada, agora com a inauguração da UTI, a assembleia do dia 31 deliberou pela restrição dos atendimentos de fichas azuis e verdes a partir da zero hora do dia 09/11/23. Os ofícios comunicando essa restrição já foram enviados pelo Sindimed aos gestores.


A UTI foi inaugurada na noite do dia 30 de outubro, com a incorporação de dois médicos levados de Salvador. Enquanto isso, o corpo clínico do hospital prossegue em estado de assembleia permanente, buscando a resolução graves situações.


Profissionais que assumem funções em substituição ou fora de uma negociação intermediada pelo Sindimed-BA, enquanto perdurar a mobilização no Hospital, poderão incorrer em infração ao Código de Ética Médica (CEM).


O Sindicato chama atenção para o que dispõem os Arts. 48 e 49 do CEM:

Art. 48. Assumir emprego, cargo ou função para suceder médico demitido ou afastado em represália à atitude de defesa de movimentos legítimos da categoria ou da aplicação deste Código.

Art. 49. Assumir condutas contrárias a movimentos legítimos da categoria médica com a finalidade de obter vantagens.

8 visualizações0 comentário

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page