top of page

Médicos podem pedir rescisão contratual coletiva no Eládio Lasserre

Reunidos em assembleia realizada no último dia 2 de outubro, os médicos prestadores de serviços que exercem suas atividades no Hospital Professor Eládio Lasserre, deliberaram, por unanimidade, que, caso os pagamentos dos meses de junho e agosto de 2023 não sejam regularizados até sexta-feira (06/10/23), haverá rescisão contratual coletiva.


Buscando evitar possível desassistência à população, o SINDIMED espera que na reunião, já agendada para o próximo dia 6 de outubro, seja apresentada uma solução definitiva para a questão.


O Sindicato chama atenção, também, para o regramento estabelecido no Código de Ética Médica (CEM), principalmente no disposto nos artigos 48 e 49, abaixo descritos:

Art. 48 - Assumir emprego, cargo ou função para suceder médico demitido ou afastado em represália à atitude de defesa de movimentos legítimos da categoria ou da aplicação deste Código.

Art. 49 - Assumir condutas contrárias a movimentos legítimos da categoria médica com a finalidade de obter vantagens.




bottom of page