top of page

Médicos são impedidos de entrar em Hospital de Jacobina.

Na terça-feira, dia 9 de março, médicos foram impedidos de entrar no Hospital Regional Vicentina Goulart, administrado pela Prefeitura de Jacobina, onde estava ocorrendo uma reunião entre a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, com o prefeito e outros membros da gestão municipal.


O objetivo da reunião era discutir a situação da saúde no município, porém os médicos da cidade, que fizeram uma petição para participar do evento, foram simplesmente barrados na porta do hospital.


Este fato absurdo chamou atenção do Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed), que já protocolou solicitação de reunião com a SESAB e a Governadoria para falar da situação da saúde de Jacobina e sobre a remuneração médica, que está defasada. O sindicato quer dar voz aos médicos que estão no operacional, pois eles são a verdadeira fonte de informação quanto a situação da assistência médica no município e precisam ser ouvidos.


O Sindimed espera uma resposta rápida do Governo do Estado para que a reunião possa ocorrer o mais breve possível.

5 visualizações0 comentário
bottom of page