top of page

Pagamentos ainda estão pendentes na FJS e INTS

A Fundação José Silveira (FJS) enviou ofício ao Sindimed garantindo já ter pago  aos médicos do Hospital Geral do Estado, Hospital Geral Roberto Santos, Hospital Menandro de Faria, Evandro Caribé e de Cajazeira VIII. Contudo, permanece em aberto o pagamento de dezembro aos médicos do Hospital Santa Terezinha, no município de Ribeira do Pombal.

É bom lembrar que a FJS recebeu da Sesab cerca de R$ 7 milhões em 19 de janeiro mais R$7 milhões em 2 de fevereiro, segundo informações do Portal da Transparência baiano.

Já o Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa, Tecnologia e Inovação na Gestão Pública (INTS), que intermedia mão de obra no HGE2 e nas maternidades, pagou somente metade do salário, medida sem previsão legal e desrespeitosa.

Assembleia no dia 14 discutirá mobilização

Dando seguimento as deliberações da última assembleia, em janeiro deste ano, quando se decidiu por paralisação em caso de recorrência do atraso de salários, o Sindimed convoca todos os médicos terceirizados da Sesab para uma nova assembleia no próximo dia 14, terça-feira, para organizar a mobilização.

Interior do estado sofre com atrasos

Diversas unidades de saúde do interior, sejam elas do estado ou municipais, estão ou estiveram recentemente com os salários atrasados. Alem do Hospital Santa Tereza em Ribeira do Pombal, há também o Hospital Dantas Bião, em Alagoinhas; o Ouro Negro, em Candeias, e o Hospital Regional de Juazeiro. O Sindimed está apoiando, seja com suporte logístico, seja com ações judiciais, as lutas dos médicos pela dignidade no trabalho.

Serviço:

Assembleia - Médicos terceirizados da Sesab

Pauta - Paralisação contra atraso de salários

14 de fevereiro, terça-feira

19h30

No Sindimed

0 visualização0 comentário
bottom of page