top of page

Sindimed se manifesta contra PL que aumenta impostos municipais

Será votado nesta quarta-feira às 14h na Câmara Municipal de Salvador, o Projeto de Lei 439/17 da Prefeitura que que altera o Código Tributário e de Rendas do Município e reajusta o IPTU para 2018. O Sindimed estará se manifestando em frente à Câmara contra a aprovação deste projeto que penaliza toda a sociedade, e objetiva apenas o aumento de receita da Prefeitura, sem pensar na população. A proposta de mudança no Código de prestação de serviço quer gerar mais gastos às pequenas e médias empresas, refletindo diretamente no bolso do consumidor. Já que, aumentando o ISS e reajustando o IPTU, mais despesas são criadas para os profissionais liberais, as empresas e toda a população que consome os serviços. Pensando no serviço médico, se os impostos pagos pelas clínicas e pelos médico aumentarem, os atendimentos e consultas ficam mais caros, podendo gerar séria crise neste campo. Segundo informações, esta será a oitava alteração proposta pela gestão municipal, demonstrando clara falta de planejamento. A situação fiscal da cidade não pode ser resolvida com aumento de impostos, toda vez que o prefeito gastar mais do que arrecada.

0 visualização0 comentário
bottom of page